Home / Roteiros / Europa / Paris: Torre Eiffel, passeio no Rio Sena e Basílica de Sacrecouer
Paris: Torre Eiffel, passeio no Rio Sena e Basílica de Sacrecouer

Paris: Torre Eiffel, passeio no Rio Sena e Basílica de Sacrecouer

Detalhe da Ópera Garnier

Detalhe da Ópera Garnier

Dia 1 
Cheguei no aeroporto Charles de Gaule, peguei o ônibus da Roissybus (o ticket é vendido numa máquina perto do ponto de partida, veja as outras informações ao fim deste post) e fui direto até Paris. A viagem é direta com parada na Ópera Garnier, ou seja, a chegada em Paris é triunfal!
Depois de fazer umas fotos em frente à ópera, fui ao hotel, deixei a mochila e já corri pra estação Bir Hakeim (linha verde clara, número 6). Pelo que pesquisei nos blogs de viagem antes de eu ir, falavam que esta seria a estação da Torre Eiffel, porém depois eu voltei à torre e preferi descer na estação Trocadéro (também na linha verde clara, número 6), de onde se tem uma visão muito mais bonita da torre, principalmente à noite, quando ela tem suas luzinhas acesas.

Torre Eiffel
Cheguei à torre antes do horário do almoço, entrei na fila e depois de mais ou menos 1 hora lá estava eu, subindo em um elevador de primeiro andar, e mesmo que fosse em pleno verão (julho), estava uns 15 graus. Ventava muito e felizmente eu estava agasalhada.
DICA 1: sempre ande com um cachecol e um casaco que possibilite aquecer as mãos, é muito importante manter as extremidades do corpo bem aquecidas.
DICA 2: Quem quiser “furar a fila” pra subir na torre, pode usar a escada apenas até o primeiro pavimento. De lá pra cima tem que ser de elevador.
A vista lá de cima é realmente bonita e valeu a pena demais!
Quando: todos os dias.
Quanto? € 15 (quinze euros) – Mais informações ao final do post e no site oficial (clique aqui)

Clique aqui e veja o segundo dia de minha viagem a Paris.

De barco pelo Rio Sena 
Desci da torre e fiz uma pequena caminhada pelas margens do Rio Sena, vi muitas empresas fazendo o passeio de barco. Escolhi uma e comprei o ticket na hora. O barco é bem turístico, tem um guia explicando as coisas e ele sai da margem do rio pertinho da torre e termina o passeio no mesmo lugar. O percurso vai até a Catedral de Notredame e faz a volta na Île de la Cité (ilha que fica no meio do rio Sena e onde fica a Notredame e a Sainte-Chapelle). O barco passa por baixo na ponte mais velha de Paris, a Pont-Neuf, e de uma das pontes mais famosas do mundo, a Pont des Arts, que liga o Museu do Louvre e o Institut de France, mas que é famosa por ser cheia de cadeados que as pessoas (leia-se turistas) botam para “garantir”o amor eterno.
O passeio é rápido, mas é suficiente pra fazer fotos legais e até pra descansar um pouco, pois todo mundo vai sentado, só admirando a bela paisagem parisiense.
Eu gostei muito e acho que vale a pena!

Passeio pelo Rio Sena

Passeio pelo Rio Sena

Clique aqui e veja o post-índice desta viagem.

Basílica de Sacrecouer
Saindo do passeio de barco fui em busca da Basílica de Sacrecouer. Admirei mais um pouco a região da Torre Eiffell e fui em busca da estação de metrô mais perto.
DICA: nunca vá bater perna por uma cidade grande sem o mapa do metrô na mão.
Peguei o metrô e desci na estação Anvers (linha azul, número 2), siga as placas na estação e você vai sair bem em frente à rua que te leva à Sacrecouer. Em frente à saída da estação tinha uns banheiros públicos (pagos) e um homem vendendo milho cozido. Segui o fluxo das pessoas, não tem erro. Andei um pouco e logo deparei com aquela escadaria magnífica! Subi com calma a primeira parte, sentei em um banco para admirar a paisagem e comer meu milho cozido, com muito glamour! #sqn 😀

Arte na escadaria da Sacrecouer

Arte na escadaria da Sacrecouer

Apesar de ser proibido bater foto em vários lugares por onde passo, eu não resisto, neste quesito prefiro levar carão que pedir autorização. Estava tendo missa na basílica e vi uma parte. O clima e as músicas saindo daquele órgão enorme são incríveis, e nem precisa ser cristão pra se encantar, pois tudo lá é obra de arte. A esta altura estava perto de anoitecer e é aí que a escadaria fica animada! Gente do mundo todo se reúne para ver Paris lá de cima e ver vários artistas de rua se apresentando ali mesmo. O malabarista e o cantor, eram incríveis.

Sentei na escadaria e aproveitei o momento e o por-do-sol.

Luzinhas da Torre Eiffel
Saí da Sacrecouer e voltei pra Torre Eiffel. Isso mesmo, não resisti às luzinhas piscando de hora em hora. Fui direto para a estação Trocadéro, comprei crepe de Nutella e fiquei sentada nos Jardins du Trocadéro só admirando a torre e engordando.
Como as luzes só piscam de hora em hora e por um ou dois minutos, fiquei mais de 2 horas por lá vendo isso e fotografando, depois, morta de cansada, fui direto pro hotel. No caminho, ainda passei em um mercadinho que tinha perto do hotel. Esse tipo de coisa eu faço mesmo se eu tiver pouco tempo de viagem, como era o caso. Gosto de entrar em quitandas, ver as frutas que não conheço e até experimentar as que conheço só pra saber se tem o mesmo sabor! 🙂

Torre Eiffel com as luzinhas piscando

Torre Eiffel com as luzinhas piscando

Informações sobre o Roissybus
Quanto? € 10 (dez euros)
Quando?
De Paris (Opéra Garnier) para Aroporto Charles de Gaulle:
– das 05:15 a 20:00: a cada 15 minutos
– das 20:00 a 22:00: a cada 20 minutos
– das 22:00 a 00:30: a cada 30 minutos
Do Aeroporto Charles de Gaulle para Paris (Opéra Garnier):
– das 06:00 a 20:45: a cada 15 minutos
– das 20:45 a 00:30: a cada 20 minutos
Onde? Opéra (Cruzamento das ruas Scribe e Auber) / Aeroporto Charles de Gaulle (terminais 1, 2 e 3).
Tempo de percurso? Entre 45 e 60 minutos.

Obs.: Informações de Outubro de 2014. Confira atualizações no site oficial.

Informações sobre a Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Informações Torre Eiffel

Confira atualizações sobre a Torre Eiffel no site oficial.

Previous Image
Next Image

info heading

info content


Se você tiver sugestões, nos deixe um comentário, vamos adorar ter sua viagem compartilhada conosco! 

Sobre Priscila Lima

Administradora apaixonada por viagens e que aproveita cada dia de folga para descobrir uma coisa nova pelo mundo. Compartilhar informações sobre qualquer coisa e cuidar deste site são seus passatempos favoritos.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

*

Subir
%d blogueiros gostam disto: