Home / Roteiros / América do Sul / O que fazer em 1 dia em Fortaleza
O que fazer em 1 dia em Fortaleza

O que fazer em 1 dia em Fortaleza

DIA 2: FORTALEZA

(Veja o Post-índice da viagem Natal-Fortaleza de carro)

Saímos de Mossoró rumo a Fortaleza. Para quem quer ir direto para o Ceará nem precisa entrar em Mossoró, pois a rodovia contorna a cidade e ainda permite que você veja, por vários momentos, a sequência de “cavalos de pau” que extraem o petróleo da terra. Saímos de terras norte-rio-grandenses e entramos na terra de Iracema, o belo Ceará. A estrada é boa (recentemente foi refeita) e a maior parte do trecho tem acostamento. Deixamos a BR 304, pegamos a CE 040, e logo começam a aparecer controle eletrônico de velocidade, os conhecidos pardais e as lombadas eletrônicas nas cidadezinhas e no vilarejos cearenses. A velocidade é controlada em 60Km/h.

Continuamos sem paradas até Fortaleza, chegamos lá ainda pela manhã e nos questionamos sobre “o que fazer em 1 dia em Fortaleza?”

Em uma cidade tão grande e com tantas opções gastronômicas e de lazer, foi o que nos perguntamos quando decidimos pernoitar na capital cearense antes de seguirmos viagem para Jericoacoara. Deixamos as coisas no hotel e fomos (de táxi, para economizar tempo e não nos preocuparmos com estacionamento) para o centro, conhecer a Catedral e o Mercado de artesanato, que ficam um ao lado do outro. Almoçamos em um dos restaurantes do mercado, e após estas visitas, pegamos outro táxi para o Centro Cultural Dragão do Mar, que não fica tão longe, mas o sol estava de matar. 🙂

Exposições lindas e interessantes estavam nos aguardando em um complexo de construções lindo, com passarelas vermelhas que interligam os prédios a duas ruas. Algumas horas se passaram e nos demos conta que estava perto do entardecer. Como o sol já estava “frio”, fomos andando pela avenida Almirante Barroso (a mesma que mais à frente recebe o nome de Avenida da Abolição), fomos em busca da beira-mar e entramos, sem querer, na rua certa, a rua da Ponte dos Ingleses, ponte esta feita com tariscas de madeira que permitem que você fique com as pernas molhadas pelo fato de a onda quebrar bem embaixo da ponte e jogar a água pra cima (onde está você).

Continuamos a caminhada rumo à Avenida Beira-Mar, onde fica a feirinha de artesanato, o Jardim Japonês (sim, Fortaleza tem um jardim japonês!) e muitos restaurantes bons que também oferecem um show de humor aos seus clientes. Caminhamos cerca de 4Km pelo calçadão da Beira-Mar, vimos muitas famílias, casais e outros mais solitários andando de patins, bicicleta, skate ou apenas fazendo uma caminhada ou sua corrida. O calçadão tem vida, é um lugar muito agradável para ir tomar um sorvete, comprar lembrancinhas ou apenas beber uma água de côco admirando aquele lindo mar de Fortaleza. Depois de muito passear pela região pegamos outro táxi e voltamos ao hotel para irmos a um show de humor.

Nota: não batemos as fotos que gostaríamos, pois levamos apenas a GoPro. Preferimos evitar aborrecimento com as nossas câmeras maiores em um possível assalto. Uma pena.

Pegamos outro táxi e fomos ao show de humor, na Lupus Bier, casa famosa pelos shows de humor na cidade. Ela fica situada perto da Pontes dos Ingleses e tinha uma enorme (e demorada) fila quando chegamos. O valor era algo em torno de R$50,00 (cinquenta reais) por pessoa com direito ao jantar (apenas a comida: pizza e massa), mas pecamos em não fazer algo que sempre fazemos: pesquisar o local antes de nos metermos nele!

Sempre pesquiso em blogs as experiências que as pessoas relatam e tento filtrar as informações relevantes para mim, mas como não deu tempo fazermos isso para esta viagem, a única coisa que nos restava naquele momento era consultar os usuários do ƒoursquare, e pasmem, quase todos reclamavam do atendimento, da comida, do calor, da fila, de tudo. Aliás, a casa de humor anunciava muitas atrações famosas nacionalmente e nenhuma delas estava lá. Mesmo assim gostamos de alguns shows, o local era realmente ruim, mas nem isso me fez deixar de dar boas risadas.

Nota: as corridas de táxi em Fortaleza são mais baratas que em Natal, vale a pena trocar o seu carro pelo táxi.

Este foi o nosso segundo dia de viagem, em Fortaleza, e decidimos não ir curtir a praia porque achamos que praia merece mais tempo, não apenas uma horinha. De qualquer maneira, se puder ir à Praia do Futuro, considero uma das melhores em termos de estrutura de barracas de praia, vale ir para passar pelo menos uma manhã inteira, e em algumas barracas, bom é ir à tarde, pois oferecem serviço de happy-hour com música ao vivo!

Continue viajando conosco, veja os outros dias de nossa viagem Natal – Fortaleza de carro:

DIA 1: Natal – Mossoró de carro
DIA 3: Jijoca de Jericoacoara
DIA 4: Jericoacoara, Pedra Furada e Lagoas
DIA 5: O que fazer em Canoa Quebrada
DIA 6: Canoa Quebrada – Natal de carro

Sobre Priscila Lima

Administradora apaixonada por viagens e que aproveita cada dia de folga para descobrir uma coisa nova pelo mundo. Compartilhar informações sobre qualquer coisa e cuidar deste site são seus passatempos favoritos.

2 comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

*

Subir
%d blogueiros gostam disto: