Home / Roteiros / América do Sul / Jijoca de Jericoacoara
Jijoca de Jericoacoara

Jijoca de Jericoacoara

DIA 3: JIJOCA DE JERICOACOARA / DUNA DO PÔR-DO-SOL

(Veja o Post-índice da viagem Natal-Fortaleza de carro)

Decidimos que pegaríamos a estrada para Jijoca de Jericoacoara, a 3 horas de Fortaleza, pela CE 085, mas mais uma vez não havíamos pesquisado muito sobre o local, apesar de eu já ter lido algumas coisas, inclusive que só se chegava ao centro da pequena cidade com carros 4×4, o que não era o nosso caso. Mesmo assim seguimos para esta cidadezinha praiana, com uma Área de Proteção Ambiental (APA) transformada em Parque Nacional e sua famosa praia de Jericoacoara e a duna do pôr-do-sol.

Não conseguimos hospedagem e ficamos numa cidade chamada Acaraú, a 42Km de Jijoca de Jericoacoara. O povo cearense era sempre simpático e disposto a nos ajudar, porém ninguém tinha contato de um guia para que nos levasse até nosso destino. Depois de muita conversa com o dono da pousada sobre o que se fazer na região, ele nos deu a seguinte alternativa: ir com o nosso carro até a comunidade do Preá, a 30Km dali (ainda pela CE 085), e seguindo as placas, sair da estrada e rodar mais 15Km de estrada de barro até tal comunidade, onde nos viraríamos para conseguir um transporte e ir, finalmente, até Jijoca de Jericoacoara. Assim fizemos e a aventura começou a ficar de fato interessante. 🙂

(Veja 7 dicas imperdíveis para você planejar sua viagem)

Ao sairmos da CE 085, logo deparamos com muitos adolescentes e algumas crianças oferecendo serviço de guia para Jeri. Eles vivem disso e dizem que “o seu carro pequeno também chega lá”, mas não confiamos e continuamos o percurso, agora off-road, de 15Km de barro até a comunidade do Preá. (Esta ainda não é a parte que precisa de um carro 4×4!). Chegando perto da praia você já consegue ver o movimento de buggys e de caminhonetes que levam os turista, pela beira da praia, à Jericoacoara. Aí sim é interessante ter um 4×4! Estacionamos nosso carro e 5 minutos depois estávamos em um buggy, conversando com o guia-motorista que nos levava ao nosso destino. Como já estava perto do sol se pôr, fizemos a rota direto para Jijoca de Jericoacoara, praticamente um povoado, onde as ruas não têm calçamento (pelo menos as ruas centrais não têm), é areia, criando um “ambiente pé no chão” que te deixa bem à vontade.

O bugueiro nos levou direito para a base da duna do pôr-do-sol. A praia estava lotada, a duna também, era alta estação e marcamos com ele para dali a uma hora nos encontrarmos no centro da cidade. Assim fizemos, o pôr-do-sol realmente é um espetáculo, o sol caindo sobre o mar naquele ambiente paz e amor. Gostei muito (mas acho o pôr-do-sol na praia de São Miguel do Gostoso, no RN, mais bonito 😉 ).

Ao escurecer demos uma volta pela rua principal de Jijoca e encontramos o nosso guia. Tomamos o buggy de volta para a comunidade do Preá, pegamos nosso carro e fizemos toda a rota de volta para a pousada, em Acaraú. Jantamos na própria pousada e fomos pesquisar (utilizando o celular) sobre como faríamos o passeio nas lagoas de Jeri no dia seguinte. Felizmente encontramos indicação de um bugueiro e imediatamente ligamos e marcamos com ele para o outro dia logo cedo.

Continue acompanhando nossa viagem nos link abaixo. Se você tiver feito esta viagem, deixe um comentário e compartilhe suas experiências conosco! 😉

Previous Image
Next Image

info heading

info content


Veja os outros dias de nossa viagem Natal – Fortaleza de carro:

DIA 1: Natal – Mossoró de carro
DIA 2: O que fazer em 1 dia em Fortaleza
DIA 4: Jericoacoara, Pedra Furada e Lagoas
DIA 5: O que fazer em Canoa Quebrada
DIA 6: Canoa Quebrada – Natal de carro

Sobre Priscila Lima

Administradora apaixonada por viagens e que aproveita cada dia de folga para descobrir uma coisa nova pelo mundo. Compartilhar informações sobre qualquer coisa e cuidar deste site são seus passatempos favoritos.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

*

Subir
%d blogueiros gostam disto: